Recital Sarmouni e Gurdjief

A Irmandade Sarmoug é relatada por George Gurdjieff como uma irmandade Sufi existente no coração da Ásia (sabe-se lá onde ele fica). Guardiões de conhecimentos antigos, este recital parece trazer uma amostra deste caminho de sabedoria:

Aquele que sabe e não sabe que sabe: ele está adormecido. Deixe-o tornar-se um, completo. Deixe-o ser desperto.
Aquele que soube, mas não sabe: deixe-o ver novamente o começo de todas as coisas.
Aquele que não deseja saber e ainda assim diz que precisa: deixe-o ser guiado para a segurança e para a luz.
Aquele que não sabe e sabe que não sabe: deixe-o, através deste conhecimento, saber.
Aquele que não sabe, mas pensa que sabe: liberte-o da confusão desta ignorância.

Aquele que sabe e sabe que ELE É: ele é sábio. Deixe-o ser seguido. Por apenas sua presença um homem pode ser transformado.

Eu que sei e que não sei que sei: deixe-me tornar um, completo. Deixe-me ser desperto.
Eu que soube, mas não sei: deixe-me ver novamente o começo de todas as coisas.
Eu que não desejo saber e ainda assim digo que preciso: deixe-me ser guiado para a segurança e para a luz.
Eu que não sei e sei que não sei: deixe-me, através deste conhecimento, saber.
Eu que não sei e penso que sei: liberte-me da confusão desta ignorância.

Aquele que sabe e sabe que ELE É: ele é sábio. Deixe-o ser seguido. Por apenas sua presença um homem pode ser transformado.

Nós que sabemos e que não sabemos que sabemos: deixe-nos tornar um, completos. Deixe que tornemo-nos despertos.
Nós que soubemos, mas não sabemos: deixe-nos ver novamente o começo de todas as coisas.
Nós que não desejamos saber e ainda assim dizemos que precisamos: deixe-nos ser guiados para a segurança e para a luz.
Nós que não sabemos e sabemos que não sabemos: deixe-nos, através deste conhecimento, saber.
Nós que não sabemos e pensamos que sabemos: liberte-nos da confusão desta ignorância.

Aquele que sabe e sabe que ELE É: ele é sábio. Deixe-o ser seguido. Por apenas sua presença um homem pode ser transformado.

Assim [foi?] com nossos antepassados.
Assim {seja?] com nossos sucessores.
Assim [seja?] conosco.
Nós firmamos este compromisso.
Deixe que seja assim.

gurdjieff1920
O simpático Gurdjief

 Gurdjief é uma figura bastante ímpar que entrei em contato há pouco tempo, através de um bom amigo que me passou o livro Beelzebu’s Tales to his Grandson (Relatos de Beelzebub ao seu neto – link direto para download) e do Jodorowyski, que conheceu Reyna D’Assia, filha de Gurdjief, e passou por uma tempestade atípica durante e depois do encontro.

Há um filme excelente do diretor Peter Brook que conta um pouco dos primeiros anos de Gurdjief, baseado em sua autobiografia Meeting with Remarkable Men (Encontro com homens notáveis). Segue uma cena forte do filme:

E o link para download por torrent (não sabe usar torrent? Veja aqui como fazer):

https://kat.cr/gurdjieff-meetings-with-remarkable-men-avi-t3519647.html

Também há este documentário russo chamado Sou Gurdjief e não irei morrer! (com legendas em inglês):

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s